Ócio analisa #1: A personagem favorita

Começo aqui minha primeira, de muitas, analise de assuntos que enveredarão para indignação, humor ou a mais pura filosofia de boteco. Espero que aprecie, comente e compartilhe.

Cheguei a conclusão que quando alguém admira uma personagem, seja de qualquer meio(cinema, teatro, literatura, gibi), na verdade ela quer sê-la. É como ver, por exemplo, um filme de James Bond. Você quer ser sensual como ele, pegar as mulheres como ele, os caras criados pela avó querem tomar um Martini seco batido, não mexido, mas a maioria quer ter as mulheres, o apelo sexual e a capacidade resolver problemas impossíveis da personagem.

Concluí essa teoria há tempos. Mas só tive comprovação da veracida do pensamento, quando, certa vez, uma colega me dice que “adorava” uma personagem de animê que ela gosta, e eu detesto, a Hinata Hyuuga, do animê Naruto. Ela é toda fofa, tímida, e outros predicados, e nutre uma paixão secreta pelo protagonista.

hinata

Na época, por estar afim dela. peguei a série com ela pra ter assunto. Que merdafoda! Depois de 151 epsódios, vistos numa maratona exaustiva, já tinha desistido dela e da série.

Lembro que ela disse, “ adoro ela”. Ora bolas, eu sempre gostei do Clark Kent, por ser tudo o que não sou: bom filho, bom profissional, bom namorado, sem preconceitos, altruísta, … Depois de conhecê-la, eu entendi que ela gostava da Hinata pelo mesmo motivo que eu do Clark. Admiração.

Quando você gosta de uma personagem, com admiração e não empatia, essa tem algo que você anseia em seu íntimo. Todos queremos ser melhores. E a personagem está ali, junto com seu inconsciente, gritando isso na tua orelha e expondo pra todos, com um mínimo de raciocínio, suas falhas de caráter.

Exemplos que comprovam minha linha de pensamento vão desde você, caro fã pervertido de James Bond, até o cara com tendencias violentas que se amarra no MacGyver, passando pelo cara que, quando pode, sacaneia o chefe mas só quer reconhecimento, a la Mutley e por todas as meninas(e meninos que queriam ser meninas) de 13, que gostam da porcaria da saga Crepúsculo(e eu adorava essa palavra), pois querem ter um vampiro pupurinado e um lobisomem depilado dois homens lindos disputando seu amor. Não tem como errar. Se você quiser saber como é uma pessoa, sem máscara, pergunte qual sua personagem favorita. Isso vai te trazer informações valiosas, inclusive que quando uma briga rufar, aquele seu amigo/colega/parente/conhecido, que é fã do Wolverine, vai ser o primeiro a correr.

Anúncios

Um comentário em “Ócio analisa #1: A personagem favorita

  1. na boa…rssss gosto de palhaço, mas não desejo ser um…rssss mas isso que vc escreveu realmente faz certo sentido, sempre a segundas intenções sobre algum interesse, amizade só rola quando há interesse, independente do que seja, isso foi um professor de sociologia que falou pra mim…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s